quinta-feira, 2 de junho de 2011

Campanha "O Minério tem que ser Nosso" em Minas Gerais

Fizemos a reunião da campanha "O Minério tem que ser Nosso" ontém na ALMG conforme combinado
Presentes: Hermano (PSTU), Oraldo (PSTU/Federação Metalúrgicos), Edmar (Comissão Direitos Humanos/Gab. Durval ângelo), Carlos Campos (PSOL), Fábio (PCB), Miguel Angelo, David (NCST), Madelene (Assoc. Rosa de Saron, Cisama, Conselheira Habitação), Altair (Associação comunitária Residencial Visão - Lagoa Santa e Subcomitê Bacia hodrográfica Ribeirão da Mata), Jesu Valentim (Sindicato Metabase Inconfidentes)
Apresentação - Foi feita apresentação sobre a situação da mineração no Brasil e no mundo, juntamente com a proposta de campanha (em anexo)
Intervenções:
Fábio - Incluir a reestatização da Usiminas nas bandeiras de campanha; discutir a necessidade de tributação da mineração para além da CFEM e ICMS (IVA); enviar plano de campanha para discussão e aprovação na intersindical; buscar ampliar o número de entidades participantes da campanha e que assinem o manifesto; definir equipe para gerenciar blog; Pensar lançamento da campanha na primeira quinzena de julho, em um local adequado;
Oraldo - Necessidade de colocar a campanha na rua, fechando as assinaturas do manifesto e lançando um adesivo; marcar ato de lançamento; procurar PCdoB e Rogério Corrêia para ver possibilidade de unificar os projetos de lei que ambos estão propondo com o da nossa campanha;
Davi - Necessidade de ampliar a campanha para as demais centrais sindicais; Proposta de realizar a próxima reunião na quinta, 14h, na sede da NCST;
Madelene - Pode entrar em contato com CMP, CONAM, CISAMA, Comitê Mineiro FSM, 178 Associações de Moradia
Altair - Leu texto em que chama atenção das autoridades para o que as mineradoras estão fazendo em lagoa santa e em todo o estado; necessidade de aumentar os royalties e garantir a aplicação local dos recursos; desmascarar a falsa preocupação social de que as empresas fazem propaganda
Jesu - Se colocou a disposição para entrar em contato com as entidades que fazem parte da articulação dos atingidos pela Vale, como a Justiça nos trilhos, serra do gandarela, serras e águas, grupos do RIo em luta contra a CSA, etc
Encaminhamentos:
- Próxima reunião quinta, 14h, na sede da NCST - Av. Afonso Pena, 748, 4º andar, fone: 3201-0028
- Enviar os materiais a todos por email
- Entidades devem discutir assinatura do manifesto e integração à campanha até esta data
- Proposta para a próxima reunião: aprovar manifesto, aprovar arte, adesivo, data e local para lançamento estadual da campanha
Sem mais, aguardamos a todos na próxima reunião
abraço
Hermano