quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Petroleiros em greve - 26 JULHO 2013

Cerca 90% dos petroleiros que trabalham na Bacia de Campos, maior região produtora de petróleo do país, estão em greve. Três plataformas pararam totalmente a produção. A razão para a paralisação é a decisão da Petrobrás de cortar o pagamento adicional por horas extras no repouso. No Olhar Comunista.
A greve é um claro sinal de que as condições de trabalho da categoria vêm se deteriorando progressivamente. O grande número de empresas terceirizadas contribui significativamente para isso, pela precarização das relações de trabalho que impõem. Mas a razão de fundo está no fato de a Petrobrás ser, hoje, na prática, uma empresa provada, que, como toda empresa privada, aposta na maior geração de lucro possível no curto prazo com o aumento da exploração do trabalho e com volumes de produção que não levam em conta o provável esgotamento precoce das reservas de petróleo.
A greve é também um sinal de que o operariado começa a se mobilizar, na defesa de seus direitos e no enfrentamento da luta de classes.

terça-feira, 2 de julho de 2013

sexta-feira, 5 de abril de 2013

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

CHAPA DOIS VENCE AS ELEIÇÕES PARA O SINDIPA - IPATINGA

CHAPA DE OPOSIÇÃO DA INTERSINDICAL VENCE AS ELEIÇÕES
Terminou na noite de ontem a apuração dos votos das eleições do Sindipa. A CHAPA 2 organizada pela Intersindical derrotou os pelegos e a Usiminas nesse processo que envolveu o conjunto dos metalúrgicos.
Um momento histórico para região do Vale do Aço, pois foram décadas de parceria com os patrões onde direitos dos metalúrgicos foram reduzidos, salários foram arrochados enquanto os pelegos se beneficiavam dos conchavos com os patrões.
A vitória é dedicada aos metalúrgicos assassinados na década de 60 quando lutavam na Usiminas por melhores condições de trabalho. A vitória vem acompanhada do compromisso de retomar o Sindicato para os metalúrgicos e unidos ao conjunto da classe trabalhara lutar por nenhum direito a menos e avançar rumo a novas conquistas.
Veja os números da apuração:
Chapa 2 - OPOSIÇÃO: 2897
Chapa 1 - Pelegos da Força Sindical: 2777